O que é depressão bipolar ?

Diferente da depressão unipolar, que é mais conhecida, a depressão bipolar é parte de uma condição mais ampla, chamada de transtorno bipolar.
O transtorno bipolar é uma condição mental crônica, caracterizada por alterações de humor radicais sem explicação aparente, que pode ser repentina e variar da mania, quando os portadores se sentem eufóricos, agitados ou irritados para a depressão, quando se sentem muitos tristes e sem esperança.
Estes altos e baixos são chamados de episódios e variam em frequência e duração. E a depressão bipolar se refere exatamente à fase depressiva do transtorno bipolar.

Diagnóstico

O diagnóstico costuma ser bastante difícil, tanto por ser pouco conhecido quanto pela confusão dos seus sintomas com os de outros tipos de depressão. Uma característica marcante que auxilia para o diagnóstico correto é o fato de que a fase depressiva costuma apresentar sintomas de ordem comportamental, como a perda de energia, enquanto na depressão propriamente dita predominam sintomas cognitivos, como pensar que a vida não vale a pena.

O histórico do indivíduo é decisivo para o diagnóstico conclusivo, já que alterações de humor anteriores, episódios atuais ou passados de depressão, histórico familiar de perturbação do humor ou suicídio e ausência de resposta ao tratamento com antidepressivos alertam para o diagnóstico da depressão bipolar.

Tratamento

Embora não tenha cura, a depressão bipolar tem tratamento. Por meio de medicamentos específicos, acompanhamento com psiquiatra e psicólogo e o suporte da família e amigos, o portador pode ter uma boa qualidade de vida. Porém, é fundamental destacar que o tratamento não é o mesmo de outros tipos de depressão e tratar a bipolaridade com antidepressivos comuns pode acentuar os sintomas maníacos na fase da mania.

Entenda como funciona

A pessoa apresenta sintomas depressivos, e sinais como infelicidade, irritabilidade ou pessimismo, com duração de pelo menos 2 semanas. Costuma ser o episódio de maior tempo, podendo persistir por anos, e muitas pessoas acabam inicialmente sendo tratadas para depressão ao invés de transtorno bipolar.

Mitos e verdades

A depressão bipolar tem como principal característica as alterações de humor, com fases de depressão e euforia, mas também pode ser confundida com manias. Essas fases variam o grau de intensidade, de acordo com cada paciente, e por isso, o diagnóstico é essencial para o tratamento.

Informações

Sintomas que ajudam a identificar uma pessoa bipolar

Mudanças de humor, dificuldades de concentração, alterações no nível de energia, perda ou aumento de apetite, redução ou excesso de sono, alterações na libido para mais ou para menos.

Veja mais

Sobre a campanha

"Depressão bipolar: está na hora de falar sobre isso” é a mais nova campanha da Daiichi Sankyo, que tem o apoio da ABRATA - Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos. O objetivo é conscientizar a população em geral sobre a importância da depressão bipolar, doença que atinge mais de seis milhões de brasileiros e depende de melhor diagnóstico e tratamento adequado.

Para mais informações, entre em contato.